Ao meu Senhor,

Não podemos deixar de anunciar o que ele tem feito,

dos últimos dias, do que tem dito

da maneira que tem se manifestado,

dos dias que tracejado,

do que tem me ensinado.

Anúncios

Jesus Cristo

Morreu por mim, a dor na cruz
Linhas que inspiram o destro escritor,
Não houve grito,
(Ele guardou consigo),
A dor da chibatada me libertou,
E o mesmo, o sangue que derramou
Portanto,
Adorá-lo, hoje, é o meu prazer

Guardarei, oh Pai, a tua Palavra à minha direita, em meu peito, em meu coração.

Como comparar, aquilo que tu fizeste, quando abriu caminho em meio ao Mar Vermelho?

Do amor

Cara, direi da tua palavra a gerações. Direi como se manifesta o teu amor. Os anjos gostariam de pregar o Evangelho. Mas a eles não é possível. O Senhor nos deu essa missão. Vamos nos animar. Vamos falar do amor de Cristo. Vamos pregar aquilo que mudará o mundo.

Gostaria de me expressar, tanto a dizer

De Jesus que naquele dia me salvou,

Posto em uma cruz,

Levou chibatadas, e seu sofrimento foi por mim

Até hoje entoo aleluias ao seu nome,

E o seu nome é grande e temido por toda a terra

À dama e ao seu sorriso

Aquela com que eu deitaria ao lado,

Por horas demonstraria o meu amor

Teríamos noites longas,

De beijos e os mais singelos carinhosos,

Eu te daria elogios sinceros,

De sua beleza e formosura,

De seu riso que me encanta;

E em meio a todo aquele amor,

Quando nos auge estivéssemos,

Eu veria seus olhos fechados,

Nossas palavras sumiriam, 

Pois o que nos envolve já nos expressa,

E nossos beijos falariam por elas.

Jesus

Óh perdoa meu Jesus,
Os meus passos falharam perante ti,
Eu errei
Eu caminhava para luz quando meus passos escorregaram,
E meu olhar se desviou da Tua Palavra quando as doces palavras me chamaram
Oh meu Jesus, sei eu quem tu és
Meu coração bem o sabe,
Me guia à Tua luz,
E eu cravarei no meu coração o Teu dizer

Ela

Ai, o seu sorriso,

A bela dama que um vestido guarda as curvas,

A bela amada, mais bela que as estrelas de Neón,

E de todas as maravilhas que compõe a terra;

É a dama dona de um sorriso que radia,

Que contagia com a beleza de seu corpo,

Ele é tão adorável, belo como o caminho das estrelas,

E mui desejado, como o mais puro mel

Pois será ele que terei com toda a maldade

E o seu valor, saberei quando te abraçar, contra os teus seios

A escutar seu riso que contagia.

Breno Roque

Réveillon 2017

Nessa meia-noite meu amor,
deitar-nos-emos na areia da praia, animadamente;
procurarei seus lábios e nossas mãos se encontrarão
Dar-te-ei amores enquanto todos gritam feliz ano novo,
e nos amaremos ao som dos fogos,
princesa;
posso sentir seus lábios quentes,
e posso abrir o zíper de seu vestido,
posso sentir o calor que nos toma,
e sentir o seu ritmo;
ficaremos loucos de amor,
e nos amaremos tanto quanto a intensidade de uma festividade de uma nova virada,
tanto quanto a alegria por novos dias.